Busca avançada
Ano de início
Entree

Triagem de ligantes para PfSR1, um provável receptor tipo GPCR, e identificação de um possível receptor de IP3 na sinalização de cálcio no Plasmodium Falciparum

Processo: 19/09490-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 31 de maio de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Parasitologia - Protozoologia de Parasitos
Pesquisador responsável:Célia Regina da Silva Garcia
Beneficiário:Maneesh Kumar Singh
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/08684-7 - Decodificar aspectos da biologia celular e molecular do Plasmodium como uma ferramenta para desenvolver novos antimaláricos, AP.TEM
Assunto(s):Bioquímica   Cálcio   Plasmodium

Resumo

A presença de receptores serpentino em parasitas protozoários era desconhecida até Madeira e colaboradores realizarem uma ampla pesquisa genômica para proteínas contendo proteínas 7-transmembrana e identificarem quatro proteínas semelhantes a receptores serpentinos. No entanto, a transmissão de sinal através destas proteínas semelhantes a GPCR ainda é desconhecida, assim como seus ligantes que desencadeiam a via de sinalização. A transmissão do sinal de proteínas GPCR depende em grande parte da hidrólise do ATP ou do fosfatidilinositol (IP). Tanto o ATP como o IP podem ativar a sinalização de cálcio intracelular, que é crucial para desencadear os vários processos fisiológicos em P. falciparum. O retículo endoplasmático (ER) foi identificado como uma organela de estoque de cálcio, mas existem outras com potencial de armazenamento desse como o Complexo de Golgi, a mitocôndria, o vacúolo digestório e também o apicoplasto. Evidências fisiológicas e farmacológicas sugerem que a sinalização de cálcio é ativada pela via PLC-IP3 (trifosfato de inositol). Apesar de várias evidências de uma via de produção IP3 canônica, um suposto receptor de IP3 ainda não foi identificado em P. falciparum. Tomando-se a diversidade de componentes reguladores de Ca2+, é evidente que pesquisas adicionais são fundamentais para o desenvolvimento de potenciais alvos de drogas para uso clínico. Neste estudo, estamos propondo identificar o ligante para PfSR1 e também pesquisar os candidatos a receptor de IP3 em P. falciparum.