Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção de triterpenos quinonametídeos a partir de raízes cultivadas in vitro de Salacia grandiflora Kurz

Processo: 18/16263-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2018
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Ana Maria Soares Pereira
Beneficiário:Leonardo Lopes Silva
Instituição-sede: Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP). Campus Ribeirão Preto. Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Biotecnologia   Bioprocessos   Desenvolvimento de fármacos   Medicamentos fitoterápicos   Anticarcinógenos   Triterpenos   Salacia

Resumo

Espécies da família Celastraceae têm sido alvo de estudos in vitro por acumularem metabólitos secundários com potencial uso como bioativos em fitomedicamentos. Recentemente, estudos realizados in vitro e in vivo mostraram que os triterpenos quinonametídeos (TQs) celastrol, maitenina, 22²-hidroximaitenina e pristimerina são substâncias promissoras a serem utilizadas na terapêutica anticâncer, por serem eficazes em neoplasias resistentes a quimioterápicos em uso na atualidade. Esses metabólitos se acumulam nas raízes, porém, a baixa concentração destes em plantas in situ é uma limitação para a produção contínua e em larga escala. Desta forma, o objetivo deste projeto é a obtenção in vitro de raízes de Salacia grandiflora para produção de triterpenos quinonametídeos e estabelecer curva de crescimento e produção de TQs. Os resultados globais permitirão a validação de bioprocesso como alternativa viável para a contínua produção de TQs para uso no desenvolvimento de medicamentos inovadores.