Busca avançada
Ano de início
Entree

O modelo de sobrevivência Bell-Weibull com fração de cura: modelagem, propriedades, inferência e influência local

Processo: 18/04938-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2018
Vigência (Término): 30 de abril de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Probabilidade e Estatística - Probabilidade e Estatística Aplicadas
Pesquisador responsável:Adriano Kamimura Suzuki
Beneficiário:Carlos Miguel Toste Sisto
Instituição-sede: Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Análise de sobrevivência   Inferência bayesiana   Método de Monte Carlo   Cadeias de Markov   Modelagem computacional   Conjunto de dados

Resumo

Neste trabalho vamos propor um novo modelo de sobrevivência de longa duração denominado Bell-Weibull com fração de cura (BWcr). Considerando que o evento de interesse pode ser causado por M diferentes fatores de risco latente, este novo modelo paramétrico será obtido ao assumir que M segue uma distribuição Bell e o tempo de ativação do j-ésimo fator segue uma distribuição Weibull. Além da sua construção e propriedades, realizaremos para fins inferenciais uma abordagem Bayesiana usando métodos Monte Carlo em Cadeias de Markov (MCMC). Com o objetivo de detectar observações influentes nos dados será utilizado o método Bayesiano de análise de influência caso a caso baseado na divergência Psi. Mostraremos sua aplicabilidade a conjuntos de dados simulados e reais. Todas as implementações computacionais serão realizadas utilizando os sistemas JAGS e R. (AU)