Busca avançada
Ano de início
Entree

Potencial anticâncer de substâncias isoladas de Streptomyces SP. recuperada da Ascídia Euherdmania SP

Processo: 17/18235-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Leticia Veras Costa Lotufo
Beneficiário:Luciana Costa Furtado
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/17177-6 - Abordagem integrada na prospecção sustentável de produtos naturais marinhos: da diversidade a substâncias anticâncer, AP.TEM
Assunto(s):Produtos naturais marinhos   Produtos naturais

Resumo

Os produtos naturais de origem marinha (PNM) despontam como uma fonte de potencial farmacológico inestimável. Dentro dessa perspectiva, o fornecimento sustentável de metabólitos bioativos a partir do cultivo de micro-organismos marinhos figura como uma atrativa solução para a prospecção racional de PNM. A ascídia endêmica brasileira, Euherdmania sp., mostrou-se uma promissora fonte de microorganismos produtores de substâncias citotóxicas. Estudos prévios mostraram que a cepa BRA-346, pertencente ao gênero Streptomyces, mostrou o extrato mais ativo com IC50 de 30ng/mL em células humanas de carcinoma colorretal HCT-116. Esse extrato também apresentou potente inibição da atividade catalítica do proteassoma, por meio de ensaio alvo-direcionado utilizando cristalografia (IC50=0,42ug/mL). Os inibidores de proteassoma são utilizados clinicamente no tratamento de mieloma múltiplo, mas vêm sendo testados com resultados promissores em células de glioblastoma. Sendo assim, o objetivo do presente projeto será avaliar os mecanismos envolvidos na citotoxicidade em células de glioblastoma e inibição da proliferação das células tratadas com o(s) inibidor(es) do proteassoma presente(s) no extrato da BRA-346. (AU)