Busca avançada
Ano de início
Entree

Coagrupamento para melhora da interpretabilidade em mineração de processos: explorando representações baseadas em frequência e representação semânticas

Processo: 17/26487-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de agosto de 2018
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Pesquisador responsável:Sarajane Marques Peres
Beneficiário:Sarajane Marques Peres
Anfitrião: Hajo Alexander Reijers
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University Amsterdam (VU), Holanda  
Assunto(s):Mineração de dados   Gerenciamento de processos de negócio

Resumo

Modelos de processos são ferramentas essenciais para o alcance do sucesso no gerenciamento de negócio em organizações. Contudo, por razões culturais ou por falta de recursos humanos e materiais adequados, é comum que as organizações não formalizem esses modelos e, portanto, muitas vezes essas organizações não estão conscientes do processo real que elas executam nas operações diárias. Nesse contexto, mineração de processos tem um papel central e estratégico, já que fornece os meios para que processos organizacionais sejam automaticamente descobertos, analisados e melhorados. Contudo, a complexidade inerente aos processos organizacionais - especialmente aqueles que são não estruturados - impede que a mineração de processos automatizada seja executada com completo sucesso, tanto em termos de produção de resultados úteis quanto em termos de melhora na interpretação da informação descoberta. O propósito deste projeto é assegurar que resultados melhores possam ser obtidos a partir da mineração de processos, assim como garantir condições adequadas necessárias para refinar tais resultados, e assim, melhorar a interpretação deles. Para alcançar esse objetivo, é sugerido que similaridades parciais entre instâncias de processos sejam exploradas por meio da aplicação de métodos de coagrupamento sobre representações de processos baseadas em contagem simples e representações capazes de explorar o contexto semântico dos atributos descritivos de traços de processos. É esperado que essa estratégia descubra informação refinada sobre perfis de traços, assim como seja capaz de lidar com o fenômeno de concept drift, o que é marginalmente explorado em mineração de processos. Todo o desenvolvimento deste projeto será testado por meio de logs de eventos sintéticos, como prova de conceito, e por meio de logs de eventos reais, de forma que a aplicabilidade e escalabidade das soluções possam ser verificadas.