Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento rural, trabalho cooperado e subjetividades: um estudo usando as abordagens bricolagem institucional e Reflexive monitoring in action (RMA)

Processo: 17/16900-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 15 de novembro de 2017
Vigência (Término): 14 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Social
Pesquisador responsável:Rosemeire Aparecida Scopinho
Beneficiário:Thainara Granero de Melo
Supervisor no Exterior: Barbara Van Mierlo
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Wageningen University, Holanda  
Vinculado à bolsa:14/25042-0 - Desenvolvimento rural, trabalho cooperado e subjetividades: estudo sobre a implantação do Programa Estadual microbacias hidrográficas (PEMH) no Sepé Tiaraju, BP.DR
Assunto(s):Sustentabilidade

Resumo

Os trabalhadores rurais que vivem em assentamentos de reforma agrária enfrentam diferentes dificuldades no processo de gestão das cooperativas, seja em razão das regras determinadas pelas políticas de desenvolvimento rural, seja pelo enfraquecimento das relações de cooperação, fragilizadas por conflitos e desconfianças. O objetivo da pesquisa de doutorado é investigar a trajetória das experiências de cooperação entre agricultores e suas organizações através da implantação de políticas públicas de desenvolvimento rural. Estudamos o caso do Assentamento Sepé Tiaraju, comunidade de reforma agrária na qual o Programa de Desenvolvimento Rural Sustentável Microbacias II está sendo implantado. Esta política pública visa promover práticas agrícolas sustentáveis, o fortalecimento da gestão das organizações e o resgate das relações de cooperação e de confiança. Até agora, fizemos observações de reuniões relacionadas ou não com as Microbacias e 35 entrevistas com agricultores que participam do Programa. A análise está sendo realizada através da técnica de triangulação entre pesquisa bibliográfica e documental, dados empíricos e o referencial teórico da Psicossociologia, a partir do qual serão identificadas categorias temáticas. Com base no mapeamento preliminar das experiências de cooperação, identificamos a necessidade de explorar a dimensão institucional presente nestas relações, especialmente na experiência atual de implantação de Microbacias. Por esta razão, neste projeto de estágio no exterior, propomos estudar e incluir duas novas abordagens como parte da pesquisa de doutorado: (a) o conceito de bricolagem institucional, para aprofundar a análise das experiências de cooperação construídas ao longo da história do assentamento, marcadas pela ação de diferentes instituições; (b) a ferramenta metodológica Reflexive Monitoring in Action (RMA), como forma de avaliar a implantação do Microbacias e seus objetivos de promover mudanças nas relações de cooperação.