Busca avançada
Ano de início
Entree

Mapeamento das áreas de riscos a movimento de massa e hidrológicos: um estudo de caso no município de Bragança Paulista/SP

Processo: 17/00564-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2017
Vigência (Término): 13 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Geografia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Andrea Aparecida Zacharias
Beneficiário:Franciele Caroline Guerra
Instituição-sede: Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):18/11369-9 - A cartografia de vulnerabilidade aos riscos hidrológicos: ensaios metodológicos luso-brasileiro, BE.EP.MS
Assunto(s):Geoprocessamento

Resumo

Este trabalho tem como objetivo avaliar as áreas vulneráveis a riscos de movimento demassa e hidrológicos no município de Bragança Paulista (SP), visando políticaspúblicas municipais para a sustentabilidade e gestão do patrimônio ambiental urbano.Se relacionados às técnicas da representação espacial, sobretudo à cartografia de síntese,seus objetos tornam-se importantes indicativos de sustentabilidade na ordenaçãoterritorial, pois espacializam as áreas de potencialidades e vulnerabilidades de um dadoterritório, contribuindo diretamente para propostas de políticas públicas municipais quecompõem as etapas de planejamento ambiental dos Planos Diretores. Assim, tomandocomo base as novas políticas ambientais federais em especial a Lei nº 12.608/2012 ,que estabelecem como competência dos municípios identificar e incorporar osmapeamentos de riscos e vulnerabilidades, promovendo a fiscalização dessas áreas paraa preservação do patrimônio ambiental urbano. O trabalho adota como concepçãoteórica o método de investigação da análise sistêmica da paisagem, em que natureza,homem, sociedade e cultura passam a ser planejados e compreendidos de maneiraintegrada. Ao final, pretende-se obter uma cartografia de síntese que busque as áreasvulneráveis aos riscos de movimento de massa e hidrológicos do município de BragançaPaulista, com a perspectiva de contribuir com algumas medidas mitigadoras quecontribuam para políticas públicas municipais de gestão patrimonial e de qualidadeambiental. Além de efetivar discussões para um ordenamento territorial em áreas depotencial desequilíbrio ambiental que necessitam de conservação, proteção, controle emonitoramento enquanto patrimônio ambiental urbano. (AU)