Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise comparativa da distribuição das fibras reticulínicas e colágenas na pele de pacientes com sarcoidose e hanseníase tuberculoide

Processo: 16/22397-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2017
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Anatomia Patológica e Patologia Clínica
Pesquisador responsável:Maria Letícia Cintra
Beneficiário:Marina Garcia
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Dermatologia   Pele   Colágenos fibrilares   Sarcoidose   Diagnóstico diferencial   Hanseníase tuberculoide   Estudo comparativo

Resumo

O diagnóstico diferencial entre sarcodoise e hanseníase tuberculoide (MHT) não é facilmente determinado, porque os achados clínicos e histológicos podem ser semelhantes. A análise da textura da trama reticulínica e colágena, nas amostras cutâneas de tais doenças, poderia auxiliar a distinguir os dois processos e acrescentar elementos para a compreensão da patogênese de ambas. O objetivo deste trabalho, é estudar, comparativamente, a distribuição do colágeno e da trama de reticulina, em amostras de pele de pacientes com sarcoidose e MHT. Amostras de pele de portadores de MHT e de sarcoidose serão estudadas retrospectivamente. Os comemorativos clínicos de cada paciente serão extraídos dos prontuários arquivados no serviço de arquivo médico do HC-UNICAMP. As imagens digitais dos cortes tratados pela técnica de reticulina serão obtidas de forma cega e analisadas por meio do software ImageJ. Para estudo do colágeno, as imagens serão adquiridas no Instituto Nacional de Fotônica Aplicada à Biologia Celular- "INFABIC", no microscópio multifóton, com a técnica de geração de segundo harmônico (SHG), usando laser Ti safira excitado em 940nm, com óleo de imersão e objetiva 40x, às colorações de rotina.Os resultados serão tabulados e testados sob os seguintes métodos estatísticos: correlação de Pearson, ANOVA e teste T de Student. (AU)