Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese e caracterização de nanopartículas metálicas em matriz cerâmica

Processo: 15/23899-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2016
Vigência (Término): 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Daniel Zanetti de Florio
Beneficiário:Victor Buratto Tinti
Instituição-sede: Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Nanopartículas   Materiais cerâmicos   Magnetismo

Resumo

As cerâmicas eletro eletrônicas que se cristalizam na estrutura perovskita têm chamado a atenção da comunidade científica devido as suas propriedades como alta estabilidade química, mecânica e elétrica por meio de vacâncias de oxigênio, prótons intersticiais, elétrons ou buracos. Além disso compósitos de matriz cerâmica podem utilizados para ancorar nanopartículas metálicas. Neste trabalho, amostras de cromita de lantânio dopadas com níquel e estrôncio ((La(1-x) Srx)a(Cr(1-y)Niy)O(3-delta),x=0,10%,20%; y=0,10%,20%; a=100%,90%,80%) serão sintetizadas utilizando o método de Pechini. As resinas obtidas serão calcinadas, utilizando a temperatura ideal obtida por meio de termogravimetria. As fases presentes serão determinadas utilizando difração de raios X e quantificadas pelo método de Rietveld. As amostras então serão tratadas com atmosfera de hidrogênio para a formação das nanopartículas metálicas de níquel. Medidas magnéticas serão realizadas para observar a presença e influência do superparamagnetismo proveniente das nanopartículas possibilitando o calculo teórico do tamanho de partícula, que será comparado com o tamanho observado através de microscopia eletrônica de transmissão. Os fenômenos de transporte elétrico serão caracterizados por medidas de espectroscopia de impedância em ampla faixa de frequências e temperatura utilizando-se de diferentes atmosferas. Espera-se com estes estudos, dar uma contribuição ao entendimento do superparamagnetismo, como também propor um material alternativo para aplicações eletroquímicas.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TINTI, VICTOR B.; MARANI, DEBORA; FERLAUTO, ANDRE S.; FONSECA, FABIO C.; ESPOSITO, VINCENZO; DE FLORIO, DANIEL Z. Exsolution of Nickel Nanoparticles from Mixed-Valence Metal Oxides: A Quantitative Evaluation by Magnetic Measurements. PARTICLE & PARTICLE SYSTEMS CHARACTERIZATION, v. 37, n. 2 JAN 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.