Busca avançada
Ano de início
Entree

Philip TT5: plataforma Mobile de organização de plantões médicos - MEDTIME®

Processo: 15/21686-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2015
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Pesquisador responsável:Ricardo Murville Camps
Beneficiário:Philip Ayres Nascimento
Empresa:Medtech Serviços de Informática Ltda
Vinculado ao auxílio:14/21758-1 - Plataforma mobile de organização de plantões médicos - MEDTIME®, AP.PIPE
Assunto(s):Tecnologia   Banco de dados   Plantão médico

Resumo

Resumo: Responsável pelo planejamento do desenvolvimento da arquitetura do sistema em conjunto com a Consultoria de estrutura de dados e serviços de servidores. Configurar os servidores e montar arquitetura do sistema, coordenar desenvolvimento da aplicação dos Serviços para o App e o desenvolvimento do aplicativo nas plataformas Apple e Android. Tipo de Bolsa: Treinamento Técnico 5 (TT 5). Duração da Bolsa: Do 1º ao 9º mês, carga horária semanal de 40 horas. Objetivos e Justificativa: Liderar o desenvolvimento backend e frontend da plataforma mobile, sendo facilitador dos processos e de cada fase de desenvolvimento. Responsável pela programação e implementação da plataforma mobile. SCRUM master e coordenador das Sprints estipuladas em cada uma das etapas. Fase 1: Na fase de Planejamento e pré-projeto, o desenvolvedor I irá Permitir que os pesquisadores familiarizem-se com pesquisas atuais na área de Tecnologia de Informação, Inteligência Coletiva, Computação em Nuvem, Interação Humano Computador - IHC. Também irá pesquisar e implementar metodologias reconhecidas de acompanhamento de projetos e gestão de recursos, frameworks de validação de métricas para desenvolvimento de software e avaliação de agência em design e usabilidade para posterior utilização e eventual contratação de terceiros para realizar estes processos. Fase 2: Será responsável por capacitação das atividades fundamentais da equipe e elaboração de atividades que visam esta preparação da equipe. Através de uma versão piloto, deverá analisar se a capacitação foi adequada e, se houver necessidade, deverá realizar uma nova capacitação dentro do prazo estipulado ao projeto. O treinamento técnico ocorrerá em um mês com carga horária de 40 horas semanais. Neste momento, também deverá iniciar e coordenar a estrutura e arquitetura do sistema assim como programação do Banco de Dados com o sistema da Amazon. Nessa fase será implementada a lógica do sistema, devendo elencar todas as informações do aplicativo e deverá prever futuras necessidades de mudanças e a necessidade de realização de análise dos dados que no futuro serão imputados no sistema pelos usuários. Fase 3: (a) Definição de requisitos gerais do sistema. O desenvolvedor I irá debruçar-se nesta fase do projeto visando coordenar o desenvolvimento e detalhar o layout, wireframe, guias visuais, modelo de usabilidade e processos de uso da plataforma que será desenvolvida. O modelo irá trazer a disposição do conteúdo das telas incluindo elementos da lógica do sistema elencados na fase anterior, focando nos tipos de informação apresentadas; abrangência das funcionalidades disponíveis; Prioridade relativa das informações e das funcionalidades; Regras para apresentar certos tipos de informação; Efeito de diferentes cenários ao serem apresentados; Processos analisados; Linguagem específica na área médica; Necessidades específicas de grupos de estudos na área médica; Conceitos de usabilidade; Aplicação de funcionalidades. (b) Desenvolver toda a modelagem, configuração dos serviços da Amazon para aplicativos e de arquitetura de dados de acordo com a Consultoria em arquitetura de sistemas. Fase 4: (a) Desenvolvimento do sistema (b) desenvolvimento da base de dados de acordo com a Arquitetura de dados definia. (c) Implementação do sistema e banco de dados de acordo com a Consultoria de Arquitetura de sistemas. Fase 5: Analise e teste do sistema implementado, remoção de bugs e reportar incompatibilidades. Realizar o Checklist de implementação dos requisitos propostos. Na quinta fase do projeto, o desenvolvedor I irá coordenar a colocação da Plataforma à prova de conceito desenvolvido durante as fases três e quatro. A Plataforma Mobile será distribuída entre um número usuários maior pré selecionado para teste de stress. Os usuários serão convidados para se cadastrar e utilizar a ferramenta e analisar suas funcionalidades. A partir das respostas obtidas, alterações serão feitas e orient (AU)