Busca avançada
Ano de início
Entree

Mecanismos neurais de regulação do equilíbrio hidroeletrolítico e controle cardiorrespiratório

Processo: 15/08246-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2015
Vigência (Término): 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Convênio/Acordo: CNPq - Pronex
Pesquisador responsável:Eduardo Colombari
Beneficiário:Patricia Aleixa Do Nascimento
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/50770-1 - Mecanismos neurais de regulação do equilíbrio hidroeletrolítico e controle cardiorrespiratório, AP.TEM
Assunto(s):Pressão sanguínea   Angiotensinas   Respiração (fisiologia)

Resumo

O projeto visa a compreensão dos mecanismos neurais que processam informação autonômica associada aos ajustes cardiovasculares, respiratórios e comportamentais (apetite ao sódio e sede) compensatórios à desidratação e subjacentes à produção de hipertensão arterial. O foco do estudo será sobre um modelo de circuito que envolve o triângulo formado por regiões romboencefálicas, núcleo do trato solitário (NTS), região rostro-ventrolateral do bulbo (RVL) e núcleo parabraquial lateral (NPBL), e suas conexões com regiões do prosencéfalo como lamina terminal e núcleo accumbens. Para atingir esse objetivo o projeto combinará diversas técnicas tais como: injeções intraencefálicas de fármacos; transfecção viral; imunohistoquimica; eletrofisiologia; registros comportamentais, cardiovasculares e ventilatórios. Espera-se com isso responder às seguintes questões: 1. Qual via é ativada pela osmorrecepção para inibir e ativar a ingestão de sódio? 2. Através de quais mecanismos os circuitos prosencefálicos processam as informações provenientes do NPBL relacionadas ao controle da ingestão de sódio? 3. Em quais mecanismos do eixo bulbo-prosencéfalo participa a angiotensina II para controlar a pressão arterial? 4. Como é feita a transdução cardiorrespiratória bulbar no NTS - RVL ou NPBL? (AU)