Busca avançada
Ano de início
Entree

Uma arquitetura para melhorar a acessibilidade de aplicativos de dispositivos móveis usados por usuários com deficiência motora

Processo: 14/01831-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 30 de junho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Sistemas de Computação
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Maria da Graca Campos Pimentel
Beneficiário:Olibario Jose Machado Neto
Instituição-sede: Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Computação móvel   Dispositivos móveis   Arquitetura   Interação usuário-computador

Resumo

Usuários com deficiência motora costumam ter dificuldades para usarem computadores pessoais, porque os dispositivos de entrada de dados convencionais, tais como teclado e mouse, não são adequados às suas necessidades. Da mesma forma, o uso de dispositivos móveis por esses usuários também é limitado, por conta de uma série de fatores peculiares a esses dispositivos, como tamanho e proximidade de teclas, espaçamento e tamanho de elementos na tela inadequados e falta de customização de determinadas interfaces. Tendo em vista que os dispositivos móveis atuais possuem componentes robustos que podem ser usados para a criação de tecnologias assistivas para interação com outros dispositivos computacionais, este projeto visa estudar, aprimorar e desenvolver técnicas de interação especificamente para usuários com deficiência motora, a fim de que eles consigam operar dispositivos móveis por meio desses próprios dispositivos móveis como tecnologias assistivas. Para tanto, estudar-se-ão diferentes deficiências motoras e se analisarão voluntários com algumas dessas deficiências enquanto eles interagem (ou tentam interagir) com dispositivos móveis, para se identificarem as principais dificuldades que eles enfrentam. Com base nessas dificuldades e no estudo de técnicas de interação usadas em tecnologias assistivas existentes, será proposto um modelo arquitetural sobre o qual serão implementadas soluções em dispositivos móveis como tecnologias assistivas e que poderão ser estendidas para outras aplicações. Espera-se que essa arquitetura possa ser integrada a aplicativos de dispositivos móveis e contribua para o aprimoramento das técnicas existentes ao flexibilizarem a forma como usuários com deficiência motora interagem com os dispositivos citados. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NETO, Olibario Jose Machado. Um framework para a construção de aplicativos de dispositivos móveis para usuários com deficiência motora decorrente de acidente vascular encefálico. 2018. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação São Carlos.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.