Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa italiana sobre cultura jurídica e a história do direito administrativo: possibilidades de sua apropriação para o estudo do bacharelismo no Brasil

Processo: 12/06192-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 09 de setembro de 2012
Vigência (Término): 08 de março de 2013
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Direito - Teoria do Direito
Pesquisador responsável:Samuel Rodrigues Barbosa
Beneficiário:Gabriela Lima Ramenzoni
Supervisor no Exterior: Bernardo Sordi
Instituição-sede: Faculdade de Direito (FD). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Università degli Studi di Firenze, Itália  
Vinculado à bolsa:11/05600-0 - Considerações sobre o ensino jurídico brasileiro no século XIX: o arquétipo histórico do bacharel de Direito da Faculdade do Largo de São Francisco, BP.MS
Assunto(s):História do direito   Direito administrativo   Itália   História do século XIX

Resumo

Com base no atual estágio da pesquisa de fontes do mestrado "Considerações sobre o Ensino Jurídico Brasileiro no Século XIX - O Arquétipo Histórico do Bacharel de Direito da Faculdade do Largo de São Francisco", qual seja, analisar as provas acadêmicas de Direito Administrativo dos estudantes daquele curso entre as décadas de 1850 e 1870, percebeu-se uma gama de novas possibilidades de questionamentos sobre a história do Direito, sobre o ensino jurídico e, ainda, sobre a própria área do Direito Administrativo. O referencial teórico da dissertação requer novos horizontes de pensamento histórico-jurídico e, nesse sentido, sabe-se da excelência do Centro de Estudos da História do Pensamento Jurídico, na Universidade de Florença, na Itália, em publicar artigos, trabalhos com uma vasta produção acadêmica justamente em relação à problemática do mestrado. O professor Bernardo Sordi, atual diretor do citado Centro e detentor de referência internacional nos estudos da história do Direito Administrativo, possui uma pesquisa extensa sobre o tema e será o orientador do estágio no exterior. Desse modo, haverá a possibilidade de não só aprofundamento da bibliografia como também facilitará o intercâmbio de ideias e, principalmente, o desenvolvimento metodológico mais requintado na dissertação e que esteja devidamente relacionado com o contexto do ensino jurídico do Direito Administrativo brasileiro. (AU)