Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do efeito modulador do ácido rosmarínico e da (-)-hinoquinina sobre a proliferação, morte celular e reparo do DNA em linhagens derivadas de carcinoma mamário submetidas ao estresse genotóxico

Processo: 11/21574-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2012
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Mutagênese
Pesquisador responsável:Raquel Alves dos Santos
Beneficiário:Gabriella Machado Teixeira
Instituição-sede: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Reparo do DNA   Quimioprevenção   Morte celular   Hinoquinina   Ácido rosmarínico   Proliferação celular

Resumo

A capacidade quimiopreventiva dos compostos derivados de produtos naturais (PNs) representa uma alternativa importante para a modulação das vias intracelulares envolvidas nas etapas precoces da carcinogênese e que estão diretamente relacionadas à instabilidade genômica. Essas vias estão envolvidas no controle da proliferação por meio da regulação do ciclo e da morte celular por apoptose, e respondem rapidamente de modo coordenado em decorrência da exposição celular ao estresse genotóxico. Portanto, o desenvolvimento de abordagens quimiopreventivas usando PNs requer um entendimento mais detalhado das vias de sinalização intracelular que respondem efetivamente a esse tipo de tratamento. O ácido rosmarínico (AR) e a (-)-hinoquinina (HNQ) são moléculas derivadas de PNs com capacidade antigenotóxica comprovada, mas cujo mecanismo de ação ainda permanece desconhecido. Sendo assim, este projeto de pesquisa tem por objetivo principal avaliar o potencial quimiopreventivo do AR e da HNQ em modelo in vitro utilizando diferentes linhagens celulares derivadas de carcinoma mamário. Será avaliado o efeito modulador do AR e da HNQ sobre as vias de sinalização intracelular ativadas em resposta ao estresse genotóxico induzido experimentalmente in vitro pela doxorrubicina. Serão avaliadas as respostas celulares quanto à proliferação celular por detecção colorimétrica após incorporação com bromodeoxiuridina, morte celular por citomorfologia de células apoptóticas, bem como a cinética do reparo do DNA por meio do ensaio cometa.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
UZUN, NELSON; MARTINS, THOMAS DUZZI; TEIXEIRA, GABRIELLA MACHADO; CUNHA, NAYANNE LARISSA; OLIVEIRA, ROGERIO BELLE; NASSAR, EDUARDO JOSE; DOS SANTOS, RAQUEL ALVES. Poly(L-lactic acid) membranes: Absence of genotoxic hazard and potential for drug delivery. Toxicology Letters, v. 232, n. 2, p. 513-518, JAN 22 2015. Citações Web of Science: 12.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.