Busca avançada
Ano de início
Entree

Redução do número de trabalhadores rurais canavieiros não especializados no Estado de São Paulo: situação nos municípios canavieiros e políticas adotadas

Processo: 10/12821-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de setembro de 2010
Vigência (Término): 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economias Agrária e dos Recursos Naturais
Pesquisador responsável:José Giacomo Baccarin
Beneficiário:Janaina Gagliardi Bara
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/50087-7 - Redução do número de trabalhadores rurais canavieiros não especializados no estado de São Paulo: situação nos municípios canavieiros e políticas adotadas, AP.R
Assunto(s):Cana-de-açúcar   Política de emprego   Trabalhador rural   São Paulo

Resumo

São Paulo é o principal estado produtor de cana-de-açúcar, álcool e açúcar do Brasil. Nos últimos anos vem se observando grande crescimento na produção sucroalcooleira, acompanhado de importantes mudanças tecnológicas, especialmente nas atividades agrícolas. A partir de 2006 acentuou-se o processo de substituição da colheita manual de cana queimada pela colheita mecânica de cana sem queimar, diante de maiores exigências do mercado quanto aos cuidados ambientais. Isso somado às modificações no plantio da cana-de-açúcar têm resultado na diminuição do número de trabalhadores canavieiros não especializados no Estado de São Paulo, que passou de 212.966 pessoas, em junho de 2007, para 182.735 pessoas, em junho de 2009. Tal fato tende a repercutir de maneira diferenciada nos municípios canavieiros, de acordo com a importância da ocupação sucroalcooleira no total de ocupação local. Um dos objetivos do projeto é realizar levantamento, para cada um dos municípios canavieiros paulistas, da evolução, entre 2006 e 2010, do número de trabalhadores canavieiros não especializados, comparativamente ao total da ocupação sucroalcooleira e da ocupação do município, abordando também sua sazonalidade de emprego e algumas características sociais. O outro objetivo é avaliar, para 25 municípios, as ações do poder público no enfrentamento da redução dos postos de trabalho dos canavieiros, especificamente em programas de recolocação, requalificação e de encaminhamento ao seguro desemprego. Para o primeiro objetivo serão usadas informações do Programa de Disseminação de Estatísticas do Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego. O segundo objetivo contará com a aplicação de questionários aos responsáveis por políticas de emprego nos municípios escolhidos.