Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de metodologias analíticas para avaliação de metaloproteínas de Tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus)

Processo: 09/00756-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de março de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Pedro de Magalhães Padilha
Beneficiário:Bárbara de Mendonça Heiras
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:07/59778-0 - Desenvolvimento de metodologias analíticas para avaliação de metaloproteínas de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus), AP.R
Assunto(s):Instrumentação analítica   Espectrometria de absorção atômica em forno de grafite

Resumo

A determinação de cálcio, cobre, ferro, manganês, selênio e zinco ligados a proteínas de amostras de plasma, tecido hepático e muscular de peixes, tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus), por espectrometria de absorção atômica em chama/forno de grafite (FAAS/GFAAS) após fracionamento das proteínas por eletroforese 2D PAGE, representa o foco principal do trabalho proposto. O estudo de avaliação de metaloproteínas na área nutrição de peixes além de inédito, será um marco inicial na determinação do metaloma da espécie. O trabalho busca otimizar métodos eletroforéticos em 2D para o fracionamento de proteínas nas amostras de plasma e tecidos hepático e muscular de tilápia do Nilo, identificação dessas proteínas por análise das imagens obtidas nos géis de poliacrilamida e a caracterização de algumas proteínas por MALDI-TOF MS. Um estudo de mapeamento por SR-XRF de alguns spots protéicos para identificação qualitativa de íons Ca, Cu, Fe, Mn, Se e Zn será feito em seguida, para então, otimizar procedimentos de extração dos íons metálicos dos spots para quantificação por FAAS/GFAAS. Serão estudadas diferentes formas de preparo das amostras para extração das proteínas e diferentes programas de separação por eletroforese 2D PAGE. Na determinação de Cu, Mn e Se por GFAAS, será estudada a influência do preparo das suspensões dos géis contendo as frações das metaloproteínas no comportamento térmico dos analitos, utilizando-se diferentes modificadores químicos e diferentes programas de aquecimento. Na determinação de Ca, Fe e Zn por FAAS, além do preparo das amostras utilizando a mineralização dos spots protéicos em forno de micro-ondas, será estudada a possibilidade da extração dos analitos das metaloproteínas separadas nas frações dos géis por ultra-som. Nesses estudos, diferentes tempos e potências de agitação ultra-sônica serão avaliados. As determinações serão feitas utilizando-se espectrômetros de absorção atômica SHIMADZU modelo AA-6800. A proposta de trabalho, além possibilitar a avaliação de metaloproteínas em amostras plasma, tecido hepático e muscular de tilápia do Nilo, poderá também trazer informações importantes para a área de fisiologia e genética de peixes em relação aos estudos do proteoma e metaloma dessa espécie.