Busca avançada
Ano de início
Entree

Festas populares paulistanas em perspectiva histórica: inventário de um patrimônio imaterial

Processo: 10/11737-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2010
Vigência (Término): 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Beatriz Piccolotto Siqueira Bueno
Beneficiário:Maria Cristina Caponero
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Festas populares   História de São Paulo   Espaço urbano

Resumo

RESUMONa linha da Nova História Cultural, vertente mais atualizada da École des Annales, encabeçada por Roger Chartier e Michel de Certeau, este trabalho tem como objetivo: inventariar e analisar as festas populares paulistanas em perspectiva histórica, do período Colonial à Primeira República; inventariar as festas populares tradicionais paulistanas que ainda subsistem, em que contextos urbanos e condições; discutir a sua construção como "Patrimônio Cultural Imaterial", sendo objeto de uma legislação específica que segue as orientações da UNESCO, especialmente as recomendações da Convenção para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial. Ressalta-se que, no Brasil, o Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) ocupa-se do registro e salvaguarda do patrimônio material e imaterial e, no que tange às festas populares, vem buscando definir uma metodologia de inventário, com base em tipologias e critérios de análise que justifiquem a representatividade de certas festas populares ao longo do tempo para nortear o seu registro como patrimônio imaterial local, regional ou até mesmo nacional. A ideia é levantar a documentação primária referente às festas representativas da história da cidade de São Paulo, analisar a persistência de algumas delas no tempo e discutir parâmetros para a sua construção como patrimônio imaterial.Palavras-chave: Espaço urbano; Festas Populares; História de São Paulo; Patrimônio Cultural Imaterial.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CAPONERO, Maria Cristina. Festas paulistanas em perspectiva histórica de longa duração: produção e  apropriação social do espaço urbano, permanências e rupturas(1711-1935). 2014. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Arquitetura e Urbanismo São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.