Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação das vias de sinalização responsáveis pela indução de morte celular epitelial na próstata ventral de ratos frente à castração e ao tratamento com estrógeno

Processo: 08/07990-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2010
Vigência (Término): 30 de setembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Hernandes Faustino de Carvalho
Beneficiário:Rafaela da Rosa Ribeiro
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:08/57906-3 - Instituto Nacional de Fotônica Aplicada à Biologia Celular - INFABIC, AP.TEM
Assunto(s):Apoptose   Castração animal

Resumo

O controle do crescimento e da função próstatica é baseado numa complexa rede de interações entre hormônios esteroides e seus receptores e num intrincado mecanismo de interconversão entre eles, além de interações epitélio-estroma mediadas por fatores parácrinos. O receptor de andrógeno (AR) e os receptores de estrógenos (ERs) são responsáveis pela mediação dos efeitos fisiológicos dos andrógenos e estrógenos respectivamente. A privação androgênica promove rápida redução do peso prostático, resultado em grande parte da morte das células epiteliais. Entretanto, pouco se sabe dos mecanismos moleculares envolvidos neste processo. Por outro lado, nosso laboratório já demonstrou que a administração de alta dose de 17bestradiol a ratos castrados acelera a apoptose das células epiteliais e sugeriu que duas vias distintas são utilizadas (Brazil J. Med Biol Res. 38: 487, 2005). O objetivo deste projeto é investigar quais os mecanismos moleculares de sinalização celular envolvidos nestes dois processos. Para isto, serão empregadas diversas técnicas procurando caracterizar vias de sobrevivência, de proliferação e de morte celular, relacionadas à morte das células epiteliais, o que pode trazer informações importantes à biologia prostática e à compreensão do comportamento das células tumorais prostáticas, centradas na relação entre dois componentes bastante significativos das vias de sinalização o complexo TSC1/TSC2 e o mTORc. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROSA-RIBEIRO, RAFAELA; BARBOSA, GUILHERME OLIVEIRA; KUEHNE, FABIANA; CARVALHO, HERNANDES F. Desquamation is a novel phenomenon for collective prostate epithelial cell deletion after castration. Histochemistry and Cell Biology, v. 141, n. 2, p. 213-220, FEB 2014. Citações Web of Science: 8.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
RIBEIRO, Rafaela da Rosa. Regressão prostática pós-castração : caracterização das alterações causadas pela privação androgênica e alta dose de 17ß- estradiol. 2012. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Instituto de Biologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.