Busca avançada
Ano de início
Entree

Bioprocesso de produção de enzimas para biorrefinaria de biomassa: branqueamento de celulose

Processo: 08/57199-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas - PIPE  
Vigência (Início): 01 de abril de 2009
Vigência (Término): 31 de março de 2011
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Pesquisador responsável:Álvaro de Baptista Neto
Beneficiário:Álvaro de Baptista Neto
Empresa:Verdartis Desenvolvimento Biotecnológico Ltda. - ME
Vinculado ao auxílio:08/53426-7 - Bioprocesso de produção de enzimas para biorrefinaria de biomassa: branqueamento de celulose, AP.PIPE
Assunto(s):Bioquímica industrial   Bioprocessos   Enzimas   Biorrefinarias   Biomassa   Branqueamento   Celulose

Resumo

Bolsista deverá realizar as seguintes atividades: 1) determinação da estratégia de controle de pH na produção da enzima: com objetivo de maximizar a produção, estratégias de controle de pH serão avaliadas; 2) estudo das influências das condições de agitação e aeração no bioprocesso: com o objetivo de evitar a limitação do processo por falta de oxigênio bem como desperdício de energia pelo excesso de aeração e agitação, um estudo será realizado para definir a melhor estratégia para controle do oxigênio dissolvido; 3) determinação da estratégia de alimentação para obtenção de cultivos com alta concentração celular: a alta concentração celular possivelmente ocasionará uma maior velocidade de produção; 4) coordenação de estudo sobre o processo de purificação da enzima: para a comercialização da enzima concentrada, a tecnologia de membranas será avaliada; 5) coordenação na implantação da sala de fermentação e purificação no SUPERA em Ribeirão Preto: devido a formação do bolsista, a parte de fermentação da Verdatis será implementada pelo coordenador do projeto; 6) auxílio em outros estudos para a implantação do processo: o coordenador deverá auxiliar os demais bolsistas do projeto na etapa de otimização de meio de cultivo; 7) determinação de métodos para tratamento de efluentes e biossegurança: para a implementação do processo em biorreator com microrganismo geneticamente modificado, cuidados relacionados a medidas de biossegurança e no tratamento de efluentes devem ser tomados; 8) administração laboratório de fermentação: o bolsista será responsável na administração do laboratório; 9) confecção de relatórios de atividades técnicas: será responsável pela entrega de relatórios referentes ao andamento do projeto. (AU)