Busca avançada
Ano de início
Entree

Molecular and structural characterization of ETT-2 (Escherichia coli type III secretion system 2) of enteroaggregative E. coli

Processo: 16/50479-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2017 - 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Biologia e Fisiologia dos Microorganismos
Convênio/Acordo: University of Virginia
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Waldir Pereira Elias Junior
Beneficiário:Waldir Pereira Elias Junior
Pesq. responsável no exterior: James Paul Nataro
Instituição no exterior: University of Virginia (UVa), Estados Unidos
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/15135-4 - Caracterização do sistema de secreção ETT2 (Escherichia coli type III secretion system 2) de E. coli enteroagregativa, AP.R
Assunto(s):Escherichia coli  Fatores de virulência  Etiologia  Proteínas de bactérias  Diarreia  Genomas  Cooperação internacional 

Resumo

Escherichia coli enteroagregativa (EAEC) é um patógeno emergente, bastante heterogêneo com relação à presença de fatores de virulência, associado a casos de diarreia em crianças e adultos, em países desenvolvidos subdesenvolvidos. No Brasil EAEC é o patótipo de E. coli diarreiogênica mais prevalente. A análise do genoma da cepa protótipo de EAEC (cepa 042) indicou a presença de genes relacionados a um sistema de secreção do tipo 111 (T388), que em outros enteropatógenos está relacionado com a translocação de proteínas efetoras diretamente para o citoplasma da célula eucariótica. Esse sistema, denominado ETT2 (E. coli type three secretion system 2), apresenta alta similaridade ao encontrado em E. coli enterohemorrágica e 8 Salmonela spp, sendo, portanto, uma variante do T388. No genoma da EAEC 042 todos os genes que compõem o ETT2 estão íntegros. Entretanto, até o momento o transporte de efetores através deste sistema não foi demonstrado experimentalmente, nem a ultraestrutura do sinaptossoma visualizada. O presente projeto tem o objetivo caracterizar o ETT2 da EAEC 042, identificando proteínas secretadas pelo sistema, analisando o injetossoma em microscopia eletrônica, além de determinar a prevalência do aparato genético que codifica ETT2 em uma grande coleção de EAEC. Pretende-se contribuir para o esclarecimento da patogênese da diarreia causada por este patógeno de grande importância epidemiológica, identificando possíveis novos fatores de virulência secretados. (AU)