Busca avançada
Ano de início
Entree

Identification of novel mediators of age-associated chronic inflammation and cancer development through targeted proteomics

Processo: 17/50031-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2017 - 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Convênio/Acordo: University of Miami
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Vitor Marcel Faça
Beneficiário:Vitor Marcel Faça
Pesq. responsável no exterior: Claudia Oliveira Rodrigues
Instituição no exterior: University of Miami, Estados Unidos
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/03809-3 - Estudo proteômico dirigido da localização e translocação subcelular de proteínas na transição epitélio-mesenquimal, AP.R
Assunto(s):Proteômica  Mediadores da inflamação  Transformação celular neoplásica  Proto-oncogenes  Genes myc  Envelhecimento  Cooperação internacional 

Resumo

O câncer é uma das principais causas de mortes no mundo e o envelhecimento é um dos fatores de risco para o câncer. O envelhecimento é caracterizado por inflamação crônica e dano oxidativo que levam à senescência das células endoteliais e interrupção da função vascular. Mediadores inflamatórios liberados por células endoteliais senescentes contribuem com o câncer promovendo mutações em células vizinhas e resistência à apoptose através da indução de oncogenes. O mecanismo que vincula a inflamação crônica associada com envelhecimento ao câncer permanece a ser identificado. Nosso objetivo é investigar alterações progressivas que ocorrem durante o desenvolvimento do fenótipo pró-inflamatório associado a senescência e identificar reguladores envolvidos na inflamação e no câncer durante o envelhecimento. O proto-oncogene c-Myc é ubiquamente expresso em diferentes tipos celulares e possui importante papel na homeostase tecidual. A expressão desregulada de c-Myc é encontrada na maioria dos tipos de câncer. A super expressão de c-Myc em células endoteliais de camundongos resolve a inflamação associada ao envelhecimento e reduz a expressão de marcadores do câncer como Snail e Twist de maneira tecido específica. A proposta proporciona a oportunidade única de combinar a expertise da Dra. Rodrigues em c-Myc e inflamação vascular e do Dr. Faça em proteômica dirigida para a identificação de novos reguladores moleculares da inflamação associada ao envelhecimento especificamente relacionados ao câncer. (AU)