Busca avançada
Ano de início
Entree

Efetividade da intervenção de base escolar de incentivo à prática da Educação Física e promoção de hábitos de vida saudáveis

Processo: 16/09260-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Ensino Público
Vigência: 01 de março de 2017 - 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Ismael Forte Freitas Júnior
Beneficiário:Ismael Forte Freitas Júnior
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Pesq. associados:Arnaldo dos Santos ; Célia Aparecida Carvalho de Oliveira ; Elaine Fernanda Dornelas de Souza ; Fernando Eduardo da Silva Rego ; Isabela Monteiro Ribeiro ; Paula Alves Monteiro ; Rômulo Araújo Fernandes ; Sueyla Ferreira da Silva dos Santos
Bolsa(s) vinculada(s):17/06455-0 - Efetividade da intervenção de base escolar de incentivo à prática da Educação Física e promoção de hábitos de vida saudáveis, BP.EP
17/05459-2 - Efetividade da intervenção de base escolar de incentivo à prática da Educação Física e promoção de hábitos de vida saudáveis, BP.EP
17/05524-9 - Efetividade da intervenção de base escolar de incentivo prática da Educação Física e promoção de hábitos de via saudáveis, BP.EP
17/04728-0 - Efetividade da intervenção de base escolar de incentivo à prática da Educação Física e promoção de hábitos de vida saudáveis, BP.EP
Assunto(s):Escolas  Escola pública  Saúde do adolescente  Exercício físico  Estilo de vida saudável 

Resumo

O ambiente escolar é um importante meio social para garantia do acesso à criança e adolescente aos diferentes bens culturais do plano coletivo. Dessa forma, o presente estudo visa elaborar, implementar e avaliar, em nível individual e organizacional, um programa de intervenção para promover hábitos de vida saudável, por meio da prática de Educação Física em escolares das séries finais do Ensino Fundamental. Trata-se de uma pesquisa avaliativa de abordagem qualitativa e quantitativa, que envolverá professores de Educação Física, escolares dos 6º e 7º anos do Ensino Fundamental da rede pública estadual de escolas do Programa de Ensino Integral (PEI) e seus familiares. A pesquisa ocorrerá em quatro escolas do PEI da cidade de Presidente Prudente, São Paulo, sendo duas participantes do grupo de intervenção e duas do grupo controle. O delineamento do estudo será dividido em quatro etapas: construção, aplicação, acompanhamento e conclusão. Na etapa de construção será elaborada coletivamente, envolvendo alunos e professores das escolas, uma proposta de intervenção baseada no diagnóstico do problema do estudo, a abordagem central para problematização será os hábitos de vida e serão incorporadas nas atividades planejadas os temas e conteúdo presentes no Currículo Oficial de Educação Física do Estado de São Paulo. Na etapa de aplicação, será aplicado o modelo de intervenção nas escolas. Na etapa de acompanhamento será feita observação das atividades da etapa de aplicação que foram integradas ás práticas pedagógicas dos Professores. A culminância do procedimento avaliativo ocorrerá na etapa de conclusão, na qual serão verificadas as mudanças ocorrida na rotina escolar mesmo sem a intervenção externa da equipe de pesquisadores. Em nível individual, serão avaliadas informações que proporcionarão a identificação e efetividade da intervenção nos problemas priorizados referentes às mudanças de comportamentos relacionados aos hábitos de vida dos escolares. Em nível organizacional, será avaliado se o programa de intervenção resultou no aperfeiçoamento das práticas educacionais referentes à Educação Física e à saúde de modo global, no que se refere ao estimulo aos hábitos de vida saudável. (AU)