Busca avançada
Ano de início
Entree

Juventude e educação: uma análise da produção do conhecimento

Processo: 96/01431-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Temático
Vigência: 01 de janeiro de 1997 - 28 de fevereiro de 1999
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Fundamentos da Educação
Pesquisador responsável:Marilia Pontes Sposito
Beneficiário:Marilia Pontes Sposito
Instituição-sede: Faculdade de Educação (FE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):98/07972-6 - Trabalho e educação entre jovens metalúrgicos de São Bernardo do Campo, BP.MS
98/03129-2 - Juventude e escolarização: uma análise da produção de conhecimento, BP.TT
98/02513-3 - Juventude e educação: uma análise da produção de conhecimento, BP.TT
Assunto(s):Jovens  Conhecimento  Escolaridade  Sociedade civil 

Resumo

O projeto tem por objetivo realizar um balanço crítico da produção de conhecimento sobre o tema da juventude e suas relações com a escolaridade, após 1980. Com ênfase nos segmentos de origem trabalhadora na sociedade brasileira, o levantamento pretende estabelecer um quadro analítico das principais orientações teóricas presentes nos estudos, identificando os temas emergentes ainda não examinados pela pesquisa educacional de modo a subsidiar novas investigações. Visa, também, registrar, sistematizar e analisar as novas modalidades da sociabilidade juvenil contemporânea, sobretudo aquelas que ultrapassam os limites das instituições socializadoras como família e o mundo do trabalho, e nascem de agrupamentos espontâneos. As alternativas de escolaridade propostas para jovens e adultos, públicas e não governamentais, também serão objeto de investigação, no âmbito das principais iniciativas dos últimos dez anos. O projeto construirá uma ampla base de dados contendo: 1. Banco de dados sobre a produção de conhecimento que compreenderá as teses, dissertações, artigos de periódicos e livros; 2. Banco de dados sobre jovens e suas formas diversas de ação coletiva, comportamento, valores e estilos e vida, mediante acompanhamento sistemático da imprensa brasileira. Esse levantamento inclui também o registro das principais experiências, sejam elas escolares ou não, de atendimento à população jovem ou de sua própria iniciativa; 3. Banco de dados contendo cadastro de pesquisadores, instituições e grupos relacionados ao tema, tanto na área acadêmica como na área de intervenção, sendo responsáveis por experiências escolares ou de outra natureza (culturais, profissionais, esportivas) junto ao segmento juvenil. (AU)