Busca avançada
Ano de início
Entree

RTI - 2011 - Plano anual de aplicação da parcela para custos de infraestrutura para pesquisa

Processo: 11/51837-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reserva Técnica para Infra-estrutura Institucional de Pesquisa
Vigência: 01 de fevereiro de 2012 - 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Pesquisador responsável:Paulo José do Amaral Sobral
Beneficiário:Paulo José do Amaral Sobral
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Assunto(s):Alimentos  Biologia  Produção animal  Química 

Resumo

A Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos está estruturada em três departamentos, o Departamento de Ciências Básicas (ZAB), o Departamento de Zootecnia (ZAZ) e o Departamento de Engenharia de Alimentos (ZEA), onde estão localizados 45 laboratórios de pesquisa e ensino, salas de aula, administração e salas de docentes. A produção cientifica, em termos de artigos publicados em periódicos indexados, tem aumentado anualmente, com mais de 50% de crescimento entre 2005 e 2010. Considerando-se apenas as publicações em revistas internacionais, esse aumento foi da ordem de 84%. Esse dinamismo do corpo docente da FZEA tem, como consequência, o crescimento contínuo da verba relativa à reserva técnica institucional, com taxa de mais de 500% de crescimento entre 2008 e 2011. Além disso, a FZEA, por meio de seus docentes e pesquisadores, vem arrecadando cerca de 7,2 milhões de reais anualmente dos cofres da FAPESP para o desenvolvimento de pesquisas. É necessário, portanto, garantir aos docentes que estão desenvolvendo estas propostas as condições mínimas necessárias de infraestrutura. Assim, o objetivo geral deste projeto será a aquisição de equipamentos e de serviços demandados pelos departamentos, para atendimento de grupos e laboratórios de pesquisas, caracterizados como infraestrutura de pesquisa. Os objetivos específicos são aquisição de equipamentos para laboratórios; manutenção de instalações para laboratórios visando adequações; reforma de infraestruturas básicas de instalações antigas que comprometem a segurança de vários laboratórios. (AU)