Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo de campos experimentais de monitoramento de variáveis climáticas e geotécnicas para implantação de sistemas de alerta para escorregamentos no estado de São Paulo

Processo: 11/22577-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2012 - 31 de março de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Geotécnica
Pesquisador responsável:Rodolfo Moreda Mendes
Beneficiário:Rodolfo Moreda Mendes
Instituição-sede: Instituto Geológico. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Escorregamento dos solos  Deslizamento de terra  Alerta em desastres  Defesa civil  Taludes 

Resumo

O projeto de pesquisa pretende aprimorar os critérios técnicos atualmente utilizados nos Planos Preventivos de Defesa Civil (PPDC), no Estado de São Paulo, a partir do estudo de variáveis climáticas e geotécnicas conjuntamente com os principais fatores indutores de escorregamentos em áreas urbanas. As variáveis climáticas e geotécnicas serão monitoradas simultâneamente e em tempo real por meio da instalação de sensores de precipitação (chuva), teor de umidade e sucção do solo em três campos experimentais situados nos municípios de Campos do Jordão, São José dos Campos e Ubatuba. Além disso, pretende-se estudar a influência dos fatores antrópicos nos escorregamentos induzidos em áreas urbanas a partir de análises de estabilidade de taludes que contemplem simulações com diferentes cenários observados em áreas de risco já mapeadas nos municípios onde serão implantados os campos experimentais. Os campos experimentais serão implantados preferencialmente em unidades básicas de compartimentação de terrenos cujos perfis de solos apresentem características geológico-geotécnicas com maior suscetibilidade natural à ocorrência de escorregamentos. O estudo das propriedades mecânico-hidráulicas dos solos será efetuado tanto por meio de ensaios no campo e laboratório quanto pelo monitoramento das variáveis climáticas e geotécnicas nas condições de campo, buscando-se compreender melhor o processo de infiltração de água da chuva nos diferentes perfis de solos investigados. Além disso, pretende-se criar um banco de dados com as propriedades geotécnicas dos solos (resistência ao cisalhamento, curva de retenção de água, condutividade hidráulica) representativos dos municípios para aplicação em análises de estabilidade de taludes. Espera-se que os resultados desta pesquisa possam fornecer apreciáveis subsídios para o aperfeiçoamento dos parâmetros técnicos atualmente utilizados nos Planos Preventivos de Defesa Civil (PPDC), no Estado de São Paulo, a partir da adoção de níveis críticos de alerta estabelecidos tanto por meio do monitoramento simultâneo de variáveis do meio físico natural quanto pela consideração de fatores antrópicos indutores de escorregamentos. (AU)