Busca avançada
Ano de início
Entree

Kinin receptors in the adipose tissue

Processo: 08/54904-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2009 - 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biologia Geral
Convênio/Acordo: INSERM
Pesquisador responsável:João Bosco Pesquero
Beneficiário:João Bosco Pesquero
Pesq. responsável no exterior: Jean-Loup Bascands
Instituição no exterior: Institut National de la Santé et de la Recherche Médicale (Inserm), França
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Sistema calicreína-cinina  Leptina  Obesidade  Adipócitos  Receptor B2 da bradicinina  Tecido adiposo  Receptor B1 da bradicinina 

Resumo

O sistema calicreína-cininas está envolvido em um grande número de processos biológicos incluindo dor, controle da pressão arterial, inflamação, captação de glicose e homeostase de insulina. Recentemente nosso grupo observou que os animais nocautes para o receptor B1 das cininas são resistentes à obesidade induzida por dieta hiperlipídica, demonstrando baixos níveis circulantes de leptina bem como expressão baixa de RNA para o hormônio no tecido adiposo branco. Também demonstramos pela primeira vez a presença do receptor B1 em tecido adiposo branco de camundongos e humanos. Desta forma, nossos dados sugerem que este receptor está envolvido no controle dos níveis plasmáticos de leptina e portanto no processo de ingestão alimentar e gasto energético. Entretanto o mecanismo responsável por este processo, bem como o papel fisiológico deste receptor neste tecido ainda não está esclarecido. Recentemente, Shiuchi et al (Endocrinol. 2001) mostraram que o receptor B2 está envolvido na captação de glicose induzida por leptina. Juntos esses dados mostram que os receptores de cininas parecem ter uma nova função na obesidade, entretanto essa hipótese ainda precisa ser confirmada. O estudo dos segundos mensageiros e interações cininas/leptina devem mostrar o possível papel do sistema calicreína-cininas como alvo em terapias anti-obesidade. (AU)