Busca avançada
Ano de início
Entree

Impactos no solo da conversão floresta-uso agropecuário na Região Sul do Amazonas

Processo: 09/53368-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de julho de 2010 - 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Convênio/Acordo: FAPEAM
Pesquisador responsável:José Marques Júnior
Beneficiário:José Marques Júnior
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Quimiometria  Manejo do solo  Mineralogia do solo  Dióxido de carbono 

Resumo

Buscando esclarecer as informações sobre a distribuição e o comportamento dos s na Região Sul do Amazonas o presente trabalho tem como objetivo investigar os tos das transformações vegetacionais sobre os atributos do solo na região Sul do Amazonas, utilizando técnicas de geoestatística e multivariada no contexto das relações solo-paisagem. Será realizado o mapeamento de três áreas selecionadas com sequencias de transformações: a) Floresta/Cana-de-açúcar; b) Floresta/Pastagem; c) Floresta/Agrofloresta. Em cada sequência será delineada uma transeção a partir do topo, seguindo pelo espigão da vertente no sentido do caimento do declive a uma distância de 3.000 metros até a encosta inferior constituída do sopé ou várzea. Ao longo da transeção, o terreno será estaqueado a intervalos regulares de 50 m, e nestes serão realizadas medidas de altitude para a confecção do perfíl altimétrico. Nestes pontos solos serão coletadas amostras em duas profundidades 0,0 – 0,20 e 0,60 - 0,80 m, totalizando ao longo das três transeções 360 amostras. Nas transeções serão identificadas e delimitadas as superfícies geomórficas conforme critérios preconizados por Ruhe (1969) e Daniels et al., (1971). Os limites das unidades de vertente serão classificadas de acordo com o modelo de Darlymple et al., (1968). Em locais representativos das superfícies geomórficas, e portanto, no alinhamento da transeção, serão delimitadas uma malha de 1 ha em cada unidade de manejo, com repetição na mata respectiva. As malhas serão amostradas em espaçamentos regulares de 10 em 10 metros (nas profundidades 0,0-0,20 e 0,60-0,80 m) totalizando 121 pontos amostrais em cada malha, totalizando 1.452 amostras nas malhas. Serão realizadas análises físicas, químicas, análises de refletância difusa, fluorescência de raios x, suscetibilidade magnética, e determinação da evolução do CO2 nas amostras coletadas na transeção e malhas de 1 ha. As análises mineralógicas serão realizadas em algumas amostras da transeção e das malhas, suficientes para fazer a calibração do método de reflectância difusa e nas amostras dos horizontes diagnósticos sub superficiais das trincheiras. Os dados serão analisados utilizando-se as análises multivariada, estatística e geoestatística. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE AQUINO, RENATO ELEOTERIO; COSTA CAMPOS, MILTON CESAR; MARQUES JUNIOR, JOSE; DE OLIVEIRA, IVANILDO AMORIM; TEIXEIRA, DANIEL DE BORTOLI; DA CUNHA, JOSE MAURCIO. USE OF SCALED SEMIVARIOGRAMS IN THE PLANNING SAMPLE OF SOIL PHYSICAL PROPERTIES IN SOUTHERN AMAZONAS, BRAZIL. Revista Brasileira de Ciência do Solo, v. 39, n. 1, p. 21-30, JAN-FEB 2015. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.