Busca avançada
Ano de início
Entree

Plano anual de aplicação de recursos de infraestrutura institucional de pesquisa - rti-2019

Processo: 19/24482-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Reserva Técnica para Infra-estrutura Institucional de Pesquisa
Vigência: 01 de março de 2020 - 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica
Pesquisador responsável:Waldyr Luiz Ribeiro Gallo
Beneficiário:Waldyr Luiz Ribeiro Gallo
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Método dos elementos finitos 

Resumo

Este plano RTI 2019 tem por objetivo detalhar a aplicação de recursos na melhoria da infraestrutura da Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM) da UNICAMP, apoiando a infraestrutura coletiva de pesquisa e beneficiando projetos de pesquisa. (1) O laboratório Multiusuário de Caracterização de Materiais do Departamento de Engenharia de Manufatura e Materiais possui um Microscópio Eletrônico de Varredura (MEV), marca Carl Zeiss, modelo EVO MA15, adquirido pelo Programa de Equipamentos Multiusuário da FAPESP (Processo Fapesp 2009/54075-6). Esse equipamento importado foi instalado em julho de 2011 e possui tecnologia avançada e alta sensibilidade. Em fevereiro de 2019 a pessoa que operava o equipamento participou do programa de relotação da carreira PAEPE e mudou de unidade; os atuais técnicos possuem um conhecimento parcial da operação do microscópio. Por outra parte, o MEV é um equipamento que atende toda a comunidade acadêmica da FEM. O grupo Carl Zeiss com sede na Alemanha possui uma filial no Brasil, é a única empresa autorizada a realizar manutenções preventivas, corretivas e treinamentos nos equipamentos no Brasil. Pelo mencionado anteriormente, é de extrema importância que o treinamento seja realizado, o mesmo garante que o equipamento funcione com qualidade e as análises obtidas tenham alta confiabilidade. Será realizado treinamento de uma semana de duração para um máximo de 10 participantes. O conteúdo programático é composto por (i) Operação do Microscópio Eletrônico (ii) Operação do EBSD Oxford (iii) Operação do WDS Oxford (iv) Dúvidas gerais de microscopia. (2) O Método dos Elementos Finitos é um método numérico consagrado para solução de Equações Diferenciais Parciais e Ordinárias, cuja utilização em engenharia e ciência é muito difundida. A possibilidade de a comunidade da FEM contar com programas de simulação de uso geral e com alta performance deverá facilitar o desenvolvimento dos projetos tecnológicos e as pesquisas básicas nas áreas de Mecânica dos Sólidos, Mecânica dos Fluídos, Análise Térmica, Materiais, Simulação de processos, Eletromagnetismo, Dinâmica de Rotores, entre outras. O programa ANSYS é um dos códigos mais utilizados no mundo para simulação mecânica. O código utiliza principalmente o Método dos Elementos Finitos incluindo vários tipos de elementos, um potente sistema de pré e pós processamento gráfico e centenas de opções de simulações físicas distintas são implementadas. O ANSYS é uma ferramenta de referência para trabalhos acadêmicos e também para utilização na indústria. A comunidade da Faculdade de Engenharia Mecânica - FEM já utiliza esta ferramenta há mais de 20 anos, e muitos dos grupos de pesquisa da faculdade são usuários avançados das técnicas implementadas neste programa. Assim, os benefícios associados ao uso intensivo e ao treinamento de alto nível que este pacote de programas tem potencial de gerar para a Faculdade é extremante relevante. Portanto o investimento da verba RTI FAPESP para a compra do ANSYS é relevante tecnicamente, atualizada em relação ao estado da arte na área e atende a uma grande parcela da comunidade acadêmica da FEM. Serão renovadas 25 licenças já existentes do módulo ANSYS Academic Teaching Mechanical and CFD que a FEM possui para uso compartilhado, porém estão vencidas desde dezembro de 2018, e será adquirida uma nova licença do módulo ANSYS Academic Research Mechanical conforme indicado na tabela abaixo. Adicionalmente, a aquisição inclui (i) a manutenção dessas novas versões até fevereiro de 2020 e (ii) suporte técnico pelo mesmo período. (3) Materiais de informática para uso em reparos e manutenção de equipamentos de informática de uso geral da FEM, tais como discos rígidos, discos SSD, fontes de computadores, toner para impressoras, teclados e mouses, etc. O valor de material de consumo poderá ser remanejado para os itens anteriores no caso da necessidade de adequação de valores. (AU)