Busca avançada
Ano de início
Entree

Reavaliando métodos de determinação do perfil biológico a partir da estimativa do sexo e da estatura em casos forenses e arqueológicos

Processo: 18/10436-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Pesquisador Visitante - Internacional
Vigência: 12 de abril de 2020 - 12 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Arqueologia - Arqueologia Histórica
Pesquisador responsável:Cláudia Regina Plens
Beneficiário:Cláudia Regina Plens
Pesquisador visitante: Giovanni Albanese
Inst. do pesquisador visitante: University of Windsor, Canadá
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Assunto(s):Direitos humanos  Antropologia forense 

Resumo

As pesquisas e a produção científica desenvolvidas pelo Prof. J. Albanese constituem referências mundiais na área da Antropologia Forense no que diz respeito aos métodos e técnicas aplicadas nas estimativas de sexo e de estatura no processo de análise dos remanescentes ósseos provenientes de contextos arqueológicos e forenses. O Protocolo dos Procedimentos Laboratoriais do GTP (Grupo de Trabalho Perus), elaborado em conjunto com a EPAF (Equipe Peruana de Antropologia Forense) e utilizado nas análises dos remanescentes osteológicos da Vala de Perus desde 2014, emprega dois dos métodos propostos pelo Prof. J. Albanese na determinação do perfil biológico; um deles é referência para a estimativa de sexo, e o outro, para a determinação da estatura do indivíduo. Em agosto de 2017, a convite da Profa. Dra. Cláudia Regina Plens, o Prof. Dr. John Albanese esteve em visita por dez dias no CAAF, onde conheceu os projetos desenvolvidos no Centro, além de proferir palestra no curso de especialização em Antropologia Forense e Direitos Humanos, coordenado pela Profa. Cláudia Plens. Durante sua estadia em São Paulo, o Prof. Albanese, com o objetivo de atender um maior número de interessados em suas pesquisas e métodos, ministrou também uma palestra no Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo. Assim sendo, o presente projeto de pesquisa que será desenvolvido pelo Prof. Dr. John Albanese enquanto Professor Visitante do LEA/UNIFESP, visa dar início a parceria que está sendo construída entre as duas instituições universitárias, a UNIFESP e a Universidade de Windsor, tendo por objetivo aprimorar e discutir os procedimentos utilizados nas análises osteológicas provenientes de contextos forenses e arqueológicos no Brasil, face aos padrões internacionais da Antropologia Forense, que está sendo desenvolvido no LEA / UNIFESP , "Reavaliando métodos de determinação do perfil biológico a partir da estimativa do sexo e da estatura em casos forenses e arqueológicos" que está sendo desenvolvido no LEA / UNIFESP, sob a coordenação da Profa. Dra. Cláudia Regina Plens e com apoio do Centro de Recursos Humanitários e Direitos Humanos da Academia Americana de Ciências Forenses e do Centro de Excelência em Tecnologia Forense do Instituto Nacional de Justiça e da RTI Internacional. Nesse projeto, alguns dos métodos desenvolvidos pelo professor Albanese está no protocolo que busca validação para a população brasileira. Além disso, as atividades previstas para o período enquanto Professor Visitante, incluem workshops de capacitação da aplicação de métodos mais recentes e mais adequados a casos forenses e a contextos arqueológicos, decorrentes da atuação prática em campo e laboratorial e das pesquisas mais recentes desenvolvidas pelo Prof. Albanese. (AU)