Busca avançada
Ano de início
Entree

ARBOLES: um entendimento da biodiversidade e resiliência das florestas LATAM baseado em características funcionais

Processo: 18/15001-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de março de 2019 - 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências
Convênio/Acordo: Comisión Nacional de Investigación Científica y Tecnológica (CONICYT) ; Concytec ; CONICET ; NERC, UKRI ; Newton Fund - LATAM ; Newton Fund, com FAPESP como instituição parceira no Brasil
Pesquisador responsável:Luiz Eduardo Oliveira e Cruz de Aragão
Beneficiário:Luiz Eduardo Oliveira e Cruz de Aragão
Pesq. responsável no exterior: David Robert Galbraith
Instituição no exterior: University of Leeds, Inglaterra
Pesq. responsável no exterior: Sandra Díaz
Instituição no exterior: Universidad Nacional de Córdoba (UNC), Argentina
Pesq. responsável no exterior: Antonio Lara
Instituição no exterior: Universidad Austral de Chile (UACh), Chile
Pesq. responsável no exterior: Eurídice Honorio Coronado
Instituição no exterior: Instituto de Investigaciones de la Amazonía Peruana (IIAP), Peru
Instituição-sede: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Pesq. associados:Fabien Hubert Wagner
Bolsa(s) vinculada(s):19/09248-1 - Usando rede convolucional de aprendizado profundo para estimar atributos do dossel a partir de imagens de alta resolução, BP.TT
Assunto(s):Biodiversidade  Sensoriamento remoto  Florestas  Mudança climática  Desenvolvimento sustentável  Serviços ambientais  América Latina 

Resumo

As florestas latino-americanas (LATAM) do Brasil, Peru, Argentina e Chile são epicentros globais da diversidade biológica e ambiental. As florestas da América Latina abrigam as pessoas mais pobres e vulneráveis da Terra e são altamente ameaçadas por perturbações antropogênicas locais e mudanças ambientais globais. O ARBOLES visa melhorar nosso entendimento sobre as respostas das florestas LATAM às perturbações antropogênicas e mudanças ambientais, integrando levantamentos de inventário florestal com abordagens de ponta, incluindo técnicas de genômica, experimentais, computacionais e de sensoriamento remoto. Os distúrbios antropogênicos incluem o desmatamento, distúrbios florestais, como a extração de madeira ou incêndios florestais, e a defaunação. Existem oportunidades consideráveis de restauração ativa e enriquecimento de terras degradadas, evidenciadas pelo compromisso do governo brasileiro de reflorestar 12 milhões de hectares até 2030, e pelo compromisso de reflorestamento também feito pelo Chile. As florestas da América Latina também são afetadas por rápidas mudanças ambientais globais, incluindo aumento da temperatura (0,5 ° C / década) em algumas regiões e secas, causando aumentos generalizados nos incêndios florestais. Portanto, ARBOLES testará a hipótese geral de que características funcionais das plantas determinam (i) padrões de biodiversidade, (ii) respostas temporais a mudanças ambientais globais, (iii) sucesso de regeneração ao longo de gradientes de influência antrópica e (iv) desempenho de espécies em projetos de restauração. Essas hipóteses serão testadas seguindo cinco objetivos. O objetivo 1 (O1) quantifica os padrões de características funcionais nas florestas da América Latina. O objetivo 2 (O2) avalia a base de características de mudanças temporais em florestas LATAM maduras, ligando-as a mudanças ambientais globais. O objetivo 3 (O3) examina se há mudanças previsíveis nos valores médios de características das árvores em regeneração ao longo de gradientes de perda de floresta, efeitos de borda e defaunação. O objetivo 4 (O4) avalia a capacidade de características funcionais para informar decisões de manejo em um contexto aplicado (prática de restauração florestal e plantio / colheita de táxons comercialmente importantes). O objetivo 5 (O5) fornece um conhecimento ampliado da variação espaço-temporal de traços funcionais combinando informações derivadas de sensoriamento remoto (RS) de alta resolução e moderada resolução espacial com métodos emergentes de processamento computacional e dados de campo (O1-3). Os resultados deste projeto fornecerão avanços nos quatro principais temas da chamada, ajudando os países da LATAM a gerenciar o capital natural em termos de biodiversidade, carbono e outros serviços ecossistêmicos, bem como a alcançar as metas críticas para o Desenvolvimento Sustentável. (AU)

Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (4 total):
Mais itensMenos itens
Two-Thirds of Tropical Forests ‘Under Threat in Next Decade’ 
Two-Thirds of Tropical Forests ‘Under Threat in Next Decade’ 
Projetos colaborativos buscam compreender papel da biodiversidade na América Latina 
Projetos colaborativos buscam compreender papel da biodiversidade na América Latina 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BRAGA, JOSE R. G.; PERIPATO, VINICIUS; DALAGNOL, RICARDO; FERREIRA, MATHEUS P.; TARABALKA, YULIYA; ARAGAO, LUIZ E. O. C.; DE CAMPOS VELHO, HAROLDO E.; SHIGUEMORI, ELCIO H.; WAGNER, FABIEN H. Tree Crown Delineation Algorithm Based on a Convolutional Neural Network. REMOTE SENSING, v. 12, n. 8 APR 2 2020. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.