Busca avançada
Ano de início
Entree

Shell alterations in gastropod mollusks as putative biomarker for multi-impacted coasted areas

Processo: 16/50409-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2018 - 30 de abril de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Oceanografia - Oceanografia Biológica
Convênio/Acordo: CONICET
Proposta de Mobilidade: SPRINT - Projetos de pesquisa - Mobilidade
Pesquisador responsável:Ítalo Braga de Castro
Beneficiário:Ítalo Braga de Castro
Pesq. responsável no exterior: Gregorio Bigatti
Instituição no exterior: Centro Nacional Patagonico (CENPAT), Argentina
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/25063-0 - Alterações em conchas de Lottia subrugosa como possível biomarcador para áreas costeiras multi-impactadas, AP.R
Assunto(s):Moluscos  Conchas (zoologia)  Biomarcadores  Poluição ambiental  Poluição da água  Indicadores biológicos  Cooperação internacional 

Resumo

Devido a sua importância ecológica, moluscos são amplamente utilizados como modelos em estudos sobre contaminação ambiental. Isso ocorre em virtude desses animais apresentarem ampla distribuição geográfica, grande abundância, serem facilmente amostrados no ambiente, além de possuírem comportamento sedentário e grande capacidade de bioacumular contaminantes. Estudos realizados com gastrópodes e bivalves têm mostrado que alterações morfológicas nas conchas podem também ser induzidas pela exposição desses organismos a contaminantes. O presente estudo utilizará os moluscos pateliformes Lottia subrugosa (Brasil) e Nacella magellanica (Argentina) como modelos para avaliar anomalias em concha e sua relação com a expressão de biomarcadores de efeito ao longo de gradientes de contaminação no litoral das duas localidades. Estudos realizados por nossos grupos revelaram variações estatisticamente significativas em diferentes aspectos das conchas de organismos coletados ao longo de conhecidos gradientes de contaminação. Sendo assim, há evidências de que as espécies selecionadas possuem elevado potencial para utilização como bioindicadores. Portanto, a presente abordagem ampliará latitudinalmente o estudo de anomalias de conchas auxiliando na eventual validação desse biomarcador em escala global. Tal iniciativa poderá viabilizar o uso dessa ferramenta como alternativa análises utilizadas para avaliar os efeitos de contaminantes em ambientes marinhos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
YOKOTA HARAYASHIKI, CYNTIA AYUMI; MARTINS, CAMILA PRATALLI; MARQUEZ, FEDERICO; BIGATTI, GREGORIO; CASTRO, ITALO BRAGA. Historical shell form variation in Lottia subrugosa from southeast Brazilian coast: Possible responses to anthropogenic pressures. Marine Pollution Bulletin, v. 155, JUN 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.